5 erros que pessoas depressivas cometem diariamente

erros de pessoas depressivas

Uma das grandes armadilhas para aqueles que sofrem de depressão e ansiedade está relacionada as reações de enfrentamento natural das pessoas, que muitas vezes podem acabar tornando o problema ainda maior ao em vez de melhorar. Aqui estão alguns exemplos disso, e algumas soluções práticas.

Nota: seja compassivo com você mesmo se você puder se relacionar com qualquer um desses padrões. Eles são armadilhas comuns, não uma acusação sobre você como pessoa.

1. Você não conserta problemas que o frustrem

Sentir-se irritado é um dos principais sintomas de depressão para muitas pessoas. Alguns problemas que provocam irritação repetida e frustração são facilmente corrigíveis. No entanto, as pessoas com depressão frequentemente entram em um modo passivo de "sobrevivência" e não abordam essas questões, mesmo que possam. 

Por exemplo, você não tem tomadas de energia suficientes no local onde todos os seus familiares gostam de carregar seus celulares. Você está constantemente irritado com as pessoas que desconectam seu dispositivo para carregarem os deles. Este é o tipo de tensão que pode ser resolvido obtendo um plugue múltiplo ou outra solução prática similar.   

As pessoas com depressão muitas vezes apenas apresentam esse tipo de problema (e reclamam sobre isso), em vez de implantar uma solução. É compreensível fazer isso, mas não muito útil.


2. Você está esperando seu sono para melhorar antes de tomar outras ações

Dificuldade em dormir é um dos sintomas mais horríveis da depressão. Infelizmente, muitas vezes é o último sintoma a ser resolvido quando o humor das pessoas começa a melhorar. Portanto, mesmo que seja difícil, é importante que você inicie outras estratégias mesmo que esteja se sentindo cansado e mal-humorado. Por exemplo, exercício. Se você se concentrar demais em começar seu sono antes de começar outras estratégias, você está se preparando para falhar. 


3. Querendo uma pílula milagrosa "cura tudo"

A medicação é útil para muitas pessoas com depressão, mas certamente não aborda todos os padrões comportamentais e de pensamento associados à depressão. Por exemplo, provavelmente você ainda precisará de estratégias psicológicas para lidar com as tendências em relação à ruminação (pensamentos constantes e obsessivos nas mesmas ideias) e evasão/procrastinação.

Solução: tente desenhar um gráfico de "pizza" e estimar o papel que você acha que a medicação tem em sua recuperação de depressão. Inclua tudo o que for relevante para você no seu gráfico, como mudanças de pensamento, exercícios, meditação , momentos de descontração, resolução de problemas, etc. Seu gráfico pessoal não será o mesmo que de outra pessoa, uma vez que a combinação preferida de estratégias de recuperação de depressão de todos é um pouco diferente. Quando você começa a adicionar todos esses outros componentes ao seu gráfico, você verá que a medicação é apenas uma parte da imagem.


4. Pedindo ajuda com muita frequência

As pessoas com depressão muitas vezes lutam sozinhas por muito tempo antes de buscar ajuda efetiva e podem não perceber que estão deprimidas. No entanto, às vezes as pessoas podem se tornar mais dependentes de outras pessoas quando seu humor é baixo. Os exemplos incluem frequentemente pedir ajuda com: tomar decisões, usar tecnologia ou chegar a uma questão social (como fazer chamadas telefônicas).  

A mesma pessoa pode ser muito resistente para procurar ajuda em alguns aspectos e depender demais de outros em outros aspectos! 

Quando alguém deprimido constantemente se direciona para outras pessoas pode criar raiva, ressentimento e outros problemas nos relacionamentos. Este é especialmente o caso quando a pessoa deprimida repetidamente pede ajuda às pessoas, ou pede ajuda com a mesma tarefa que eles poderiam aprender a fazer.

Este ponto se relaciona com o próximo, então continue lendo para saber mais.


5. Não estabelecer pequenos objetivos e projetos para alcançá-los

As pessoas geralmente sentem que seu cérebro é nebuloso e sua concentração está prejudicada quando estão deprimidas. Portanto, é natural que as pessoas se retirem e pensem que adiarão o trabalho em projetos ou aprenderão algo novo até que se sintam melhor.

Quando você está deprimido, é uma ótima ideia ficar em si mesmo e resistir a assumir os demais. Isso não significa adiar nada ou tudo que seja desafiante ou desconhecido. Se você fizer isso, infelizmente, você vai se inserir em um buraco muito grande, onde sua autoconfiança e energia diminuirão ainda mais.

Não se empenhe demais, mas entenda que as experiências de prazer e domínio são incrivelmente importantes para a manutenção do humor e a recuperação da depressão. 

Solução: para esta dica, pense o dia em três partes - manhã, tarde e noite. Selecione o tempo para ter uma experiência de prazer e uma experiência de autocontrole em cada um desses períodos. Estes podem ser pequenos, como cancelar uma assinatura que você pagou, mas não está usando. 

Você pode realmente dobrar outros conselhos para aliviar a depressão nesta estratégia. Por exemplo, o exercício pode ser uma experiência de prazer ou de domínio para você, ou ambos. Algo como subir as escadas em vez do elevador poderia ser contado como uma experiência de domínio. Como eu dito anteriormente, você não precisa mirar um objetivo enorme.

Se você incluir experiências de autocontrole em seu dia, não é provável que caia nas armadilhas de pedir ajuda demais ou que não consiga solucionar problemas fáceis de corrigir que desencadeiam sua irritabilidade.

Você também precisa aprender sobre os comportamentos que lhe causam ansiedade clicando aqui, para aprender como evitá-los.

Aqui você confere nossa matéria com exercícios que podem ajudá-lo a desenvolver autoestima e autoconfiança, características que são afetadas quando estamos tristes e deprimidos.

Obter ajuda:

Publicado por:

Portal de Psicologia Jovem com Ciência
Psicólogo Ailton Melo  
Portal: jovemcomciencia.com
Redes sociais e currículo:


Referências:

SCHILLERSTROM, J. E.; ROYALL, D. R.; PALMER, R. F. Depression, disability and intermediate pathways: a review of longitudinal studies in elders. Journal of Geriatric Psychiatry and Neurology, v. 21, n. 3, p. 183–197, 2008.
5 erros que pessoas depressivas cometem diariamente 5 erros que pessoas depressivas cometem diariamente Reviewed by Ailton Melo on janeiro 11, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.