Por que estragamos nossos relacionamentos e nos machucamos?




Relacionamentos


Você já se perguntou por que algumas pessoas parecem ter o direito de trair a confiança do par no relacionamento simplesmente para terem suas vontades e desejos atendidos?

A traição em relacionamentos íntimos ocorre quando um parceiro engana, usa o dinheiro sem consentimento, critica excessiva e continuamente, grita, abusa, ofende, etc. Cada ato viola a promessa normativa e romântica dos relacionamentos que nos dá a coragem de amar em primeiro lugar: "Não importa o que aconteça, sempre irei te amar". 


Como nos vemos no amor

As relações de amor são espelhos do eu interior. Aprendemos o quão adoráveis ​, amáveis e valiosos somos para os outros apenas por interagir com as pessoas que amamos. Suponhamos que você tenha internalizado a imagem do seu corpo com base no reflexo de um espelho que distorce a realidade, o que fez com que seus quadris pareçam largos. Você passaria a acreditar que estaria com problemas que nenhuma dieta poderia ajudar. Depois de ter internalizado uma imagem tão negativa, você desconfia até mesmo de espelhos precisos. 

Quando se trata de aparência física, pelo menos, temos muitos outros espelhos para comparar com reflexos distorcidos. Mas não há reflexos sobre o amor, além daqueles recebemos das pessoas que amamos. Se você se julgar quão amável é baseando-se em reflexos de pessoas que não sabem amar sem machucar, você terá uma visão necessariamente distorcida e imprecisa de si mesmo.

Acreditar no que as pessoas que amamos pensam de nós, vai se enfraquecendo à medida que envelhecemos, mas permanece ativo ao longo da vida. Você provavelmente riria, ou pelo menos não ficaria com raiva, por um estranho que implicava com você pela cor dos seus cabelos, mas se seu amor falasse, provavelmente você correria para um espelho. O pressuposto padrão é que, se o seu parceiro estiver descontente, deve haver algo de errado com você.

Parte de nós compra os "problemas" que são refletidos no espelho do amor, mesmo quando sabemos intelectualmente que a pessoa que amamos distorce quem de fato somos. Esta pressão oculta explica por que pessoas bem sucedidas e poderosas são tão vulneráveis ​​quanto qualquer outra pessoa às muitas formas de traição em seus relacionamentos amorosos.

É claro que o espelho do amor também reflete coisas boas. Se você aprende o quanto você é amável, naturalmente terá uma visão mais realista de si mesmo em relacionamentos amorosos. Você ficará desapontado e triste às vezes, mas dificilmente se sentirá inadequado ou indigno. Desta forma, quando se sentir triste ou desapontado, você saberá que pode fazer algo para melhorar seu estado emocional. Sua tristeza será de curta duração - você pode se sentir mal por um tempo, mas depois se sentirá valioso novamente. O espelho do amor gera energia quando reflete valor, e esgota energia quando não.


Pensamento do traidor: culpar o espelho

Um relacionamento onde o par é exigente e ao mesmo tempo distraído a ponto de não notar o outro, pode nos fazer sentir-se desconsiderados, desvalorizados e rejeitados. Desta forma, passamos a usar ressentimento e raiva para punir o par porque não gostamos do que ele reflete de nós.

A única maneira de sair desa situação é parar de se ver como um reflexo punitivo imposto pela outra pessoa e aprender a agir sobre isso como uma motivação interna para desenvolver mudanças. Isso levará a um autoconhecimento e respeito próprio, nos colocando mais em contato com nós mesmos, o que, por sua vez, inspirará mais respeito dentro da relação para ambos. Você pode amar sem sofrer, mas somente se usar os momentos conflitantes como um sinal para melhorar a relação ao invés de punir.

A saída tanto para traidores quanto para quem foi  traído, é se reavaliar, bem como avaliar seus interesses no relacionamento. Isso é absolutamente necessário. Tentar reparar o relacionamento com feridas abertas de traição, ou construir uma nova vida além do relacionamento  é infrutífero e desanimador. Quando as pessoas dizem: "homens não prestam" ou "mulheres são todas iguais" é um sinal claro de problemas de relacionamentos não resolvidos consigo mesmo. 

Se você se sente traído, a cura e o crescimento começam com a percepção de que você não é um problema, mas seu relacionamento é. Você deve primeiro buscar se entender para depois então estar pronto para entrar em um relacionamento. Concentre seus esforços emocionais no autoconhecimento, somente assim você saberá quem de fato é e se está pronto para estabelecer novos relacionamentos amorosos.

Recomendo algumas outras matérias do blog interessantes para trabalhar nosso autoconhecimento e melhorar nossas relações:

  1. Os 10 erros que nos afastam do amor;
  2. Aprendendo a superar as perdas dos relacionamentos e da vida.

Obter ajuda:

Publicado por:
Portal de Psicologia Jovem com Ciência
Psicólogo Ailton Melo  
Portal: jovemcomciencia.com
Redes sociais e currículo:

Referências:

Por que estragamos nossos relacionamentos e nos machucamos? Por que estragamos nossos relacionamentos e nos machucamos? Reviewed by Ailton Melo on janeiro 05, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.