Treinando o cérebro para economizar dinheiro


Quem entre nós nunca se arrependeu por não ter economizado dinheiro suficiente? Além do estresse psicológico e emocional de não ter uma rede de segurança financeira ampla o suficiente, os gastos desenfreados podem trazer muitos prejuízos sociais.

Antes de começarmos a orçamentar ou cortar nossos gastos excessivos nos cartões de crédito, devemos confrontar um culpado muitas vezes negligenciado em nossas lutas pela poupança: nossos cérebros.


O cérebro e a luta pela poupança


Sem entrar em muito embate psicológico, uma parte do nosso cérebro que é responsável pela nossa sobrevivência mantém tudo focado no aqui e agora: comida, abrigo, nosso sentimento de pertença, etc. Você pode imaginar como algo como poupar dinheiro a longo prazo pode estar em conflito com todo esse desejo presente nos prazeres do aqui-agora? É por isso que a poupar dinheiro parece uma luta.


Trabalhando ao redor do nosso cérebro

Uma maneira de ajudar sua mente a se envolver na poupança é tomar decisões que possam fazer uso da tecnologia para ajudar. Existem aplicativos que descobrem o quanto você pode economizar com base em sua renda e gastos. Também nunca é cedo demais para desenvolver bons padrões de economia. Existem ainda aplicativos voltados para jovens e adolescentes que ensinam desde cedo a economizarem dinheiro.

A tecnologia pode ser uma aliada quando se trata de enxergar toda a névoa obscura que pode surgir quando tomamos decisões financeiras.


Olhe para o futuro ... literalmente

Um estudo da Universidade de Stanford descobriu que as pessoas que praticavam a arte de poupar dinheiro, através da comparação pela evolução em suas fases de vida, mostravam ao seu cérebro que cuidar do "eu mais velho" é fundamental para sua sobrevivência. Nem sempre é divertido, mas observar imagens de uma versão antiga de você mesmo em uma linha do tempo,pode ter um tremendo impacto no que diz respeito a economizar.


Novas realidades

Muitas das medidas que precisamos adotar para criar bem-estar financeiro - como economizar dinheiro - vão contra o que pode parecer como "instintos naturais". Há, no entanto, muito mais aprendizado social por traz do consumismo do que realmente pode parecer.

O maior presente que vem do dinheiro é a possibilidade do que ele pode refletir de volta para nós. Olhe no espelho e reflita sobre seus sentimentos. Como você se sente sobre as maneiras pelas quais você está cuidando da pessoa que vê? A chave para as decisões certas podem estar nessa resposta. 


Confira também como diferença salarial de gênero afeta as mulheres e os 4 passos para ser um bom comunicador e se dar bem na vida e nos negócios.

Obter ajuda:

Publicado por:
Portal de Psicologia Jovem com Ciência
Psicólogo Ailton Melo  
Portal: jovemcomciencia.com
Redes sociais e currículo:

Referências:




Treinando o cérebro para economizar dinheiro Treinando o cérebro para economizar dinheiro Reviewed by Ailton Melo on outubro 02, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.