10 razões pelas quais seguir normas sociais podem estar destruindo sua vida


As normas sociais dizem que você precisa de um emprego, um relacionamento saudável, sucesso, dinheiro e felicidade. 

Mas o que são essas "normas" além de regras de pensamento muito restritivas? Afinal, o que é normal para a uma pessoa pode ser o caos para a outra. Por que estamos vivendo nosso tempo na terra seguindo padrões que não são diretamente nossos?


É seguindo dessa forma o que as normas dizem que você pode estar arruinando sua vida:

1. Normas não permitem que você pense.

Você pode pensar, mas você pensa conscientemente? A maioria dos seus pensamentos e ações está no piloto automático e você nunca parou para questionar nada disso.


2. Você vê a vida como linear.

Mas, na realidade, a vida não é sobre avançar de forma linear, isso é um comportamento de mediocridade desenvolvido pelas normas. Viver a vida é fazer escolhas, mesmo que essas pareçam incertas, é arriscar e saber que não se vive apenas em constante alegria ou constante tristeza, mas que existem momentos que se pode oscilar entre um ou outro. O medo disso tira a intensidade das experiencias e coloca você em um padrão medíocre.


3. Você não segue suas verdadeiras paixões.

O mundo diz que você deve conseguir um emprego, então você consegue um emprego. Ou se você é do tipo rebelde, você não consegue um emprego, mas se torna um empreendedor. A realidade é que você não precisa fazer nada disso. Você pode perseguir qualquer sonho que tenha.


4. Você escolhe conforto e conveniência durante a aventura.

As normas dizem que você deve viver em uma casa e fazer parte de uma comunidade. Então você compra ou aluga sua casa e se mistura confortavelmente com o que a cerca. Mas, na realidade, você poderia morar em uma casa flutuante, ônibus, casa de palha ou até mesmo um caminhão de sorvete. O princípio é que que essa é uma forma de vida, e assim como ela, você pode se permitir viver outras.


5. Você tem uma mentalidade mais negativa.

As normas dizem que coisas ruins são parte da vida. Claro, mas se é nisso que você concentra seus pensamentos e energia, então é isso que você vai criar. Mas e se você acreditasse que tudo o que aconteceu com você foi absolutamente fantástico? Tudo o que acontece pode ter um lado bom, basta você procurar enxergar esse lado mais do que o outro. Mude sua mentalidade, mude sua vida.


6. Você se torna obcecado por metas e nunca fica satisfeito.

As normas sociais dizem que você deve ter metas e estar constantemente se esforçando. Então você estabelece metas, se esforça e alcança. Você gasta sua vida lutando para conquistar coisas e bens materiais e acaba se esquecendo que a única coisa que você verdadeiramente tem é sua existência, e que quando as possibilidades de vivencia-la passar, nada do que foi construído realmente valeu a pena. Portanto foque em vivenciar sua vida e aquilo que você realmente deseja fazer dela.

7. Você se torna dependente da tecnologia.

O mundo diz que você deve ter um telefone celular, tv, rádio, máquina de lavar roupa e, especialmente, eletricidade. A realidade é que gerações sobreviveram muito bem sem eletricidade e muito menos telefones celulares. Quando você se torna dependente, quem detém o controle dessas tecnologias também pode controlar a sua vida. Use esses recursos a seu favor e não seja controlado por eles.


8. Você se preocupa muito com sua aparência exterior.

As normas dizem o tempo todo que você precisa cuidar de si mesmo, o que é bom. Mas isso se tornou demais. Você se preocupa com o que os outros pensam de você, perde a confiança e se esquece que o autocuidado não deveria ser uma tarefa árdua. Cuide de si com base no que você pensa que é bom para si mesmo e não do que os outros dizem que você deve ser.


9. Você se concentra mais em capturar experiências do que em vivê-las.

O mundo está cheio de mídias sociais, então você compartilha tudo na internet, tira fotos até que sua conta do Instagram seja preenchida com todos os seus movimentos (e foto de comida). Bem, isso deixa pouco espaço para o mistério agora, não é? Busque vivenciar as experiencias que você tem em sua vida e não foque apenas em expor para os outros. Quando você faz isso, você expressa e reproduz normas sociais que não são suas, mas que dizem como tudo deve ser.


10. Você cria amizades inautênticas.

As normas sociais dizem que você precisa ter amigos. Então você se esforça para fazer amigos e se preocupa com quem eles são e o que eles pensam de você. Na realidade, não importa quantos amigos você tenha ou não tenha. Se você prefere um grupo grande ou um estilo de vida solitário, o que importa é que você seja feliz e seus relacionamentos sejam genuínos. Principalmente, seja uma boa companhia para você mesmo.

As normas sociais nos ditam muito o que devemos fazer. Isso priva nossa autenticidade e limita nossas experiencias de vida. Liberdade não vem de checar uma lista de coisas que você deveria ou não deveria fazer. A liberdade vem do pensamento e o pensamento é um subproduto da consciência.

Lembre-se de que não existe uma forma correta de existir, tão pouco o que é certo ou errado quando se trata de viver. Busque compreender que não é por que o outro existe e se expressa no mundo de uma forma, que a forma como ele vive é correta e a sua não. O que acontece é que existem varias formas de ser, estar e se expressar no mundo e que esta tudo bem em ser diferente do outro.

Não é hora de você acordar? Escreva suas próprias regras ou normas, melhor ainda, rasgue as regras e viva de um lugar de liberdade individual. Seja um guia de luz para o resto do mundo. Seja o que todo mundo procura, mas tão poucos conseguem: se libertar do coletivo e ser um catalisador para a mudança. Liberte-se das normas sociais.

Confira também nossas matérias sobre como identificar pessoas perigosas no Facebook e também sobre como aprender a reconhecer o som de uma mentira.

Obter ajuda:

Publicado por:
Portal de Psicologia Jovem com Ciência
Psicólogo Ailton Melo  
Portal: jovemcomciencia.com
Redes sociais e currículo:

Referências:


SMORTI, M.; ANDREI, F.; TROMBINI, E. Trait emotional intelligence, personality traits and social desirability in dangerous driving. Transportation Research Part F: Traffic Psychology and Behaviour, v. 58, p. 115-122, 2018.
10 razões pelas quais seguir normas sociais podem estar destruindo sua vida 10 razões pelas quais seguir normas sociais podem estar destruindo sua vida Reviewed by Ailton Melo on fevereiro 05, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.